O polêmico - Jota Luiz – POLÍTICA / ESPORTES / SAÚDE / POLÍCIA e VARIEDADES

DINHEIRO FALOU MAIS ALTO! TV a cabo de bilionário vai dividir com a Globo transmissão do ‘mata-mata’ da Copa Libertadores

A Fox Sports fez valer seu direito como maior investidora na Copa Libertadores e ficou com o filé da transmissão dos jogos das oitavas de final da competição. Fez com a Rede Globo o que a emissora carioca faz com a Bandeirantes. Escolheu os jogos mais importantes, para o mercado que a interessa: o paulista. E acabou de vez com o casamento entre Globo e Corinthians. Ficou com a partida entre o time de Tite e o Guaraní, no Paraguai. A emissora do bilionário Rupert Murdoch vai mostrar a partida de ida do clube mais popular de São Paulo, na quarta-feira, 6 de maio. No horário das 19h45.
No mesmo dia, a Globo vai mostrar São Paulo e Cruzeiro, após a novela, no horário que adora, às 22 horas. Mas nada de mostrar sozinha: terá a companhia da Fox Sports.
Na outra semana, dia 13 de maio, a emissora a cabo ficou com Cruzeiro e São Paulo (definição da vaga) em Belo Horizonte. E às 22 horas, Corinthians e Guaraní, no Itaquerão, mostrado pelos dois canais.
Além disso, a Fox Sports também transmitirá os jogos entre Internacional e Atlético Mineiro para todo o país, inclusive São Paulo.
A Globo queria que a Fox Sports ficasse com os dois confrontos entre São Paulo e Cruzeiro e nenhum jogo do Corinthians com exclusividade. Mas não conseguiu impor sua vontade. A concorrente brigou e conseguiu o jogo no Paraguai. A situação é inusitada para a Globo. Perder jogos do Corinthians na fase de grupos já foi de difícil assimilação. Mas não mostrar a primeira partida do mata-mata foi algo mais do que inesperado.
Os executivos tentaram de toda a maneira fazer com que o jogo no Paraguai fosse às 22 horas. Não houve como. A Fox Sports fez valer os seus direitos.
A emissora a cabo está pegando gosto pela coisa. Danúbio e Corinthians que mostrou com exclusividade foi a segunda maior audiência do canal a cabo este ano. Só ficou atrás do Capitão América, que o Telecine abriu o sinal para quem quisesse ver, sem pagar. Ganhou até das tevês abertas.
Na estreia do narrador Nivaldo Prieto, a Fox Sports mostrou San Lorenzo e São Paulo, na Argentina. Foi a mais assistida entre os canais a cabo. E só perdeu para a tevê aberta, para a própria Globo.
O ambiente na nova emissora é de euforia. O monopólio da Globo sempre assustou as concorrentes. Mas para a Conmebol não pesa qualquer influência que seja diferente do dinheiro. Pagou mais, levou.
Por isso são tão comemorados esses jogos exclusivos do Corinthians. E mais. Abre perspectivas para sonhar mais alto. Será difícil nesta edição da Libertadores. Porém, o cenário mostra que não é impossível a Fox Sports mostrar, por exemplo, uma partida semifinal do time mais popular de São Paulo nas semifinais.
Não há mais espaço para ingenuidade e amadorismo. Demorou, mas a Globo encontrou pela frente uma inimiga no campo esportivo. Acabou a festa exclusiva com o Corinthians. E não só ao clube paulista. A atitude da concorrente será a mesma em relação também ao Flamengo, clube mais popular do Brasil. Caso se classifique para a Libertadores, em 2016, a emissora de Murdoch também vai exigir jogos exclusivos.
A farra global foi ótima enquanto durou. (Do Blog do Cosme Rimoli).
Categoria: Jota Luiz