O polêmico - Jota Luiz – POLÍTICA / ESPORTES / SAÚDE / POLÍCIA e VARIEDADES

Agiotagem: prefeitos e ex-prefeitos são presos no Maranhão

Imagem rara: você já viu um prefeito preso?
Richard Nixon (PMDB), prefeito de Bacuri, 
foi um dos políticos presos acusados de participação 
em crimes de agiotagem no Maranhão
A Polícia Civil do Maranhão deflagrou na manhã desta terça-feira (5) nova operação de combate à agiotagem e desvio de recursos públicos no estado. A operação foi coordenada pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) que efetuou mandados de prisão temporária e conduções coercitivas nas cidades de Zé Doca, Marajá do Sena e também na capital.
Foram presos:
– Richard Nixon Monteiro dos Santos (PMDB), prefeito da cidade de Bacuri, vice-prefeito eleito em 2012 que está substituindo o prefeito Baldoíno (PP) no cargo;
– Edvan Costa (PMN), atual prefeito de Marajá do Sena. Na casa do prefeito, os policiais apreenderam uma pistola 380, um revólver calibre 38, além de jóias e grande volume de dinheiro em espécie. Edvan foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma;
Edvan Costa (PMN), atual prefeito de Marajá do Sena,
preso por envolvimento em esquema milionário de agiotagem

Nomes de mais presos em Continua…

– Perachi Roberto Moraes, ex-prefeito de Marajá do Sena;
– José Epitácio Muniz Silva – o “Cafeteira” – contador da prefeitura de Marajá do Sena e dono de empresas de fachada que operavam no esquema, segundo as investigações;
– e Josival Cavalcanti da Silva – o “Pacovan” – empresário apontado nas investigações como agiota.
Na operação, foram detidos também:
– Rui Clemencio Barbosa,apontado pela polícia como “laranja” em negócios da Prefeitura de Zé Doca;
– e Francisco de Jesus Silva Soares, empresário suspeito de emitir notas “frias” para as Prefeituras de Marajá do Sena e Zé Doca.
Todos os suspeitos foram conduzidos para a Seic, no bairro de Fátima.
No dia 31 de março, a ex-prefeita do município de Dom Pedro, Maria Arlene Barros, já havia sido presa acusada estar envolvida no desvio de mais de R$ 5 milhões da Prefeitura local entre 2009 e 2012.
As investigações apontam que, no total, 42 prefeituras do Maranhão teriam participação no esquema de agiotagem que surrupiou dos cofres públicos cerca de 100 milhões de reais. Segundo a polícia, centenas de empresas também estão envolvidas na teia criminosa. Só uma delas teria roubado mais de 46 milhões no esquema.

As prisões dos políticos tiveram repercussão nacional na tarde desta terça (05), após exibição de matéria no Jornal Hoje, da TV Globo.

Blog do Hugo Freitas

Categoria: Jota Luiz