O polêmico - Jota Luiz – POLÍTICA / ESPORTES / SAÚDE / POLÍCIA e VARIEDADES

Reviravolta no caso da morte de sobrinha-neta de Sarney: Mariana descobriu que o cunhado é homossexual

A polícia começou a trabalhar numa nova linha de investigação para desvendar a motivação da morte da publicitária Mariana Costa Araújo Pinto, sobrinha-neta do ex-presidente da República, José Sarney. Ela foi morta por asfixia e estrangulamento em seu apartamento no dia 13, domingo. O cunhado dela, empresário Lucas Porto continua preso e figura como principal suspeito. A nova versão ganhou força com os familiares da vítima, a de que Mariana descobriu que o cunhado é homossexual e iria contar tudo pra irmã dela, Carolina.

enterro_mariana

Dor e comoção marcaram o enterro de Maria Costa Araújo, morta por asfixia

O titular do Blog do Luis Cardoso, em conversa com o delegado Geral, Lawrence Melo, falou que havia recebido a mesma informação por comentários, mas preferiu não aprová-los. O delegado confirmou que existia a versão e que estava sendo apurada.

Agora, alguns familiares da vítima que souberam por ela do comportamento do cunhado, passaram as informações à polícia.

No dia em que ela foi estrangulada e morta por asfixia, foi encontrada despida e com um travesseiro no rosto. Os primeiros levantamentos indicam que não houve estupro. Ele, segundo informações ao blog, temia que a esposa soubesse da sua condição sexual, conforme foi divulgado agora a tarde no programa Brasil Urgente, da Band.

Por essa razão, acreditam que houve briga entre eles no apartamento e que Mariana teria saído do bando na hora em que o cunhado chegou.

Categoria: Blog