O polêmico - Jota Luiz – POLÍTICA / ESPORTES / SAÚDE / POLÍCIA e VARIEDADES

Mulher é morta pelo ex-companheiro em quarto de hotel em Imperatriz, MA

Vítima levou um tiro na cabeça na manhã nesta segunda-feira (26).
Suspeito já havia ameaçado mulher em outra oportunidade.

Do G1 MA

A bancária Elizelda Vieira de Paula Alves, 29 anos, foi morta a tiros em um hotel, em Imperatriz, na manhã desta segunda-feira (26). A Polícia Civil aponta que o principal suspeito do crime é o ex-marido da vítima Clodoaldo da Silva Alves, 36 anos.

Ao G1, o delegado Eduardo Galvão disse que a vítima esteve no hotel, pediu para falar com o ex-marido e subiu até o quarto. Os funcionários chegaram a ouvir um estampido, mas no primeiro momento não acreditaram que fosse um disparo de arma de fogo. Em seguida, o suspeito desceu aparentando tranquilidade e foi até a recepção, deixando o local na sequência.

“Ele desceu muito tranquilo até a recepção, informou o pessoal que ela (ex-mulher) estava quebrando tudo no quarto. Eles (funcionários) subiram às pressas e quando chegaram ao local a encontraram ainda arquejando, ainda com vida. Acionaram a polícia e o SAMU, mas, quando o socorro chegou, ela já havia entrado em óbito” afirmou o delegado.

Uma equipe do IML esteve no local para fazer a remoção do corpo (Foto: Divulgação/Polícia Civil)Uma equipe do IML esteve no local para fazer a remoção do corpo (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Ainda de acordo com as investigações, a vítima teria denunciado o ex-marido por tê-la ameaçado com uma arma. Contudo, não chegou a registrar queixa contra Clodoaldo da Silva Alves. Apesar disso, o fato ajudou a polícia a identificar o suspeito. A polícia também acredita que uma discussão tenha levado ao crime passional.

O corpo da mulher foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), em Imperatriz.  Elizelda era bancária e tinha dois filhos. A Polícia Civil faz diligências a procura do suspeito e afirmou que já pediu a prisão preventiva de Clodoaldo.

Categoria: Blog