O polêmico - Jota Luiz – POLÍTICA / ESPORTES / SAÚDE / POLÍCIA e VARIEDADES

Detinha pode ser acionada pela Justiça por propaganda eleitoral antecipada

Evento eleitoreiro promovido por Detinha

Evento eleitoreiro promovido por Detinha

As convenções partidárias ainda não aconteceram, mas os pré-candidatos à Prefeitura de São Luís estão empenhados em reunir o povo e fazer a divulgação da sua candidatura. Um exemplo é a deputada estadual Detinha (PL), esposa do deputado federal Josimar Maranhãozinho, que almeja ocupar a cadeira do chefe do Poder Executivo Municipal de São Luís.

A pré-candidata tem realizado constantes encontros com as comunidades ludovicenses, o que se assemelha a grandes comícios, com direito a faixas e camisetas com o nome da pré-candidata.

Inconformado com tal atitude, o partido Rede Sustentabilidade entrou com representação de propaganda eleitoral antecipada contra a pré-campanha da deputada Detinha à Prefeitura de São Luís. No pedido, a Rede apresenta que tais práticas podem configurar até abuso econômico, político e de poder.

De acordo com as novas regras eleitorais, editadas pela Lei 13.165/2015, os pré-candidatos a cargos políticos podem se manifestar em público, fazer menção à pretensa candidatura e exaltar suas qualidades pessoais, desde que não envolvam pedido explícito de voto (art. 36-A, caput).

Na mais recente pesquisa de intenção de voto à Prefeitura de São Luís, realizada pelo Ibope e divulgada nesta segunda-feira (10), Detinha aparece em 7º lugar com 2% das intenções dos votos, bem distante do Palácio de La Ravardière.

Categoria: Blog