O polêmico - Jota Luiz – POLÍTICA / ESPORTES / SAÚDE / POLÍCIA e VARIEDADES

Acusado de estuprar a própria filha de 12 anos é preso pela polícia de Vitorino Freire

Do blog do Sérgio Matias

Ainda nesta quarta-feira (29) a Policia Civil de Vitorino Freire cumpriu mandado de prisão temporária expedido pela justiça em desfavor de Valdeci Nascimento, suspeito de estuprar a própria filha, uma adolescente de 12 anos.

A representação pela prisão temporária teve como fundamento as declarações da vitima, laudo de conjunção carnal, relatório social e relatório psicológico.  As investigações foram iniciadas pelo delegado de Igarapé Grande, Jânio Pacheco, tendo em vista que a  vitima reside com a avó naquele município, e depois remetidas a esta autoridade policial.

15º BPM recaptura fugitivo do Complexo Penitenciário de Pedrinhas

Do Blog do Sérgio Matias

Durante a operação “Malha Protetora”, colocada em prática pelo 15º BPM, comandado pelo Tenente-coronel Milguel Neto, conseguiu, na cidade de Vitorino Freire, Nilton Cesar Ferreira Oliveira, 31 anos, fugitivo do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, desde 2013.

Com o mesmo foi encontrado um revolver Taurus Cal. 38, com 2 munições intactas e uma cédula de identidade que seria clonada.

Nilton Cesar cumpria pena por assalto cometido em 2013. Durante a ação ocorrida em um depósito de bebidas na cidade ele chegou inclusive a manter algumas pessoas reféns.

A guarnição que tirou o assaltante de circulação tinha o Tenente Fernandes e Sargento B. Costa.

Três pessoas morrem atropeladas por caçamba em Poção de Pedras

Informações preliminares dão conta que na tarde desta quinta-feira (30), por voltada às 15 horas, três jovens que trafegavam em uma motocicleta em Poção de Pedras, em um trecho próximo a divisa com o município de Esperantinópolis, colidiram com uma caçamba dirigida pelo servidor público daquele município, identificado pelo nome de Reginaldo, que teria invadido a via contraria em uma curva e passando por cima da motocicleta e, consequentemente, dos três jovens, causando morte imediata do rapaz e de uma jovem.

A terceira vítima foi socorrida e encaminhada ao hospital de Esperantinópolis, mas não resistiu e também veio a óbito pouco tempo depois. As jovens foram identificadas como Aira de Sousa Santos e Mirella, moradoras da cidade de Esperantinópolis. O rapaz ainda não foi identificado.

O motorista da caçamba está desaparecido. (Com informações do Blog do Carlinhos Filho).

Aniversariante do dia: Valdevan Nascimento, grande amigo do titular do blog

Uma das grandes bênçãos da vida é a experiência que os anos vividos nos concedem. Aniversariar é uma amostra das oportunidades que temos de aprender a contar os nossos dias.

Hoje, mais um a janela se abre diante de seus olhos, mais um espinho foi retirado da flor, restando apenas a beleza de tão bela data.

Os sintomas da felicidade se traduzem do otimismo, na fé,na esperança tenho empenho por se ser melhor a cada dia. Continue firme pelos caminhos da virilidade e suas verdades.

Continue trilhando pelos vales da vida, pois um dia encontrarás o mais belo jardim, o jardim que representará a realização de seus maiores sonhos.

Que Deus te ilumine, todos os dias de sua vida.
Feliz Aniversário!
Valdevan Nascimento

SUSPEITO DE ASSALTAR BANCO NO MA É PRESO EM PARNAÍBA COM R$ 100 MIL

Durante uma abordagem, a Polícia Rodoviária Federal conseguiu apreender na manhã desta terça-feira (28/04), por volta das 10h, uma grande quantidade em dinheiro dentro de uma mala no interior de um carro modelo Corolla. Um homem identificado por Francisco Fabrício Gomes da Silva, de 33 anos, foi preso acusado, inicialmente, por lavagem de dinheiro, já que ele não comprovou a origem dos mais de R$ 100 mil (cem mil reais).
Um funcionário da Caixa Econômica Federal foi acionado para realizar a contagem do dinheiro. Até o fechamento desta matéria não foi informado o valor exato que foi apreendido. O chefe da 5ª Delegacia de Policia Rodoviária Federal de Parnaíba, Mário Augusto, explica como a abordagem aconteceu.
“Os policiais perceberam um veículo suspeito e foram até o local para fazer a abordagem. Ao perceber a presença da polícia, ele tentou uma manobra de retorno para evitar a fiscalização. Porém, após averiguação dentro do carro foi encontrado uma mala com várias notas de 100, 50, 20 e 10 reais. O mesmo não soube explicar a origem do dinheiro. Inicialmente afirmou que era da produção de confecção, depois falou que havia sido pego em um hotel. Ele já possui passagens pela polícia e tentou driblar o sistema”, disse o inspetor da PRF, Mário Augusto.
O caso foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Federal de Parnaíba, onde foi descoberto que Francisco Fabrício é investigado na cidade de Brejo-MA, suspeito de ter participação a um assalto ao Banco do Brasil na semana passada. Um delegado de Polícia Civil do Maranhão solicitou imediatamente a expedição de um mandado de prisão preventiva.
 
De acordo com o delegado Marcos Roberto, da Polícia Federal de Parnaíba, caso a expedição deste mandado não aconteça, o suspeito será liberado e responderá apenas por lavagem de dinheiro.
 
“Aqui na Polícia Federal vai ser instaurado um inquérito policial, por lavagem de dinheiro em virtude da falta de comprovação da origem do recurso. E em contato com a Polícia do Maranhão, descobrimos que ele é suspeito de ter participação a um assalto na agência do BB de Brejo-MA, e assim o delegado de lá irá solicitar um mandado de prisão”, afirmou o delegado Marcos Roberto.
 
Ainda de acordo com a Polícia, Francisco Fabrício já possui passagens por roubo, receptação e formação de quadrilha. O carro, o dinheiro e acusado foram levados para a Delegacia de Polícia Federal. Ele negou ter envolvimento com assaltos a banco.
 
“Trabalho com confecções. Eu tenho como provar a origem do dinheiro. Agora, se realmente estão afirmando que eu fiz um assalto ao banco, quero ver o delegado provar com imagens e tudo”, pontuou o suspeito.

Image title

Image title

(Por Meio Norte)

CASAL É ENCONTRADO MORTO DENTRE DE CASA EM LAGO VERDE

VINGANÇA: ACERTO DE CONTAS FOI O MOTIVO DO DUPLO HOMICÍDIO NA ZONA RURAL DE LAGO VERDE

Foto Ilustrativa
Populares encontraram agora pela manhã por volta das 06h:00, o corpo de um casal que foram assassinados dentro de casa na Zona Rural de Lago Verde, o episódio aconteceu no Povoado Centro do Dedé distante uns 10 KM da Cidade. 
 
Foram assassinados o homem identificado por Fábio Vulgo Bebe Caldo e a esposa identificada por Paula, os dois foram executados a queima-roupa na cama do casal, vítimas de vários disparos de arma de fogo. 
O duplo assassinato aconteceu  no início da madrugada de hoje  29/04,  vizinhos distantes ouviram alguns disparos mas pensavam que eram só disparos normais que sempre ocorrem por ali, a residência do casal é um pouco afastada das demais  e só agora pela manhã desconfiados parentes das vítimas foram até a casa de Fábio e se depararam com a cena do crime de execução.  
 
O assassino ou os assassinos arrebentaram a janela da casa invadiram a residência e pediram para marido e mulher  se abraçarem, não adiantou os gritos de socorro do casal pedindo para não morrem  em ato contínuo    efetuaram os disparos, após praticar a derramada de sangue foram embora tomando rumo ignorado.  
 
Bebe Caldo como era conhecido no mundo crime  vítima tinha passagem e cumpriu pena por praticas delituosas e era ligado a assaltos de moto na região a polícia. 
 
Antes ele era  morador do Povoado São José das Verdades onde mora outro compassa  do grupo segundo a polícia,  uma guarnição da PM de Lago Verde   se dirigiu ao local para saber mais detalhes. 
 
 

Morte de bebês em Caxias é desrespeito à dignidade humana, diz deputado

Na manhã desta terça-feira (28), o vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, deputado Wellington do Curso (PPS), externou, durante a sessão plenária, a sua preocupação com a dignidade humana.  
Em sua fala, o parlamentar discorreu sobre as cenas exibidas, na noite dessa segunda-feira (27), por um programa de veiculação nacional, que falou sobre a morte de quase 200 bebês na cidade de Caxias, que em menos de um ano morreram na Maternidade Carmosina Coutinho.
“O Brasil se consternou com a dignidade humana. Ontem, pela segunda vez, uma emissora de tv levou a todos os lares do Brasil uma denúncia sobre a morte de mais de 200 crianças, famílias dizimadas, gerações perdidas e um absurdo de crianças sequeladas pelo resto da vida. É através dessa proteção que se concretizará todo catálogo de direitos humanos encartado na Constituição Federal. E, em Caxias, não há essa proteção. O que vimos foi a completa falta de respeito ao que é mais caro ao ser humano: a sua dignidade”, pontuou.
Na oportunidade, Wellington propôs que a Comissão de Saúde da Assembleia realize visita “in loco” para a coleta dos dados e, assim, tome veracidade dos fatos.

“Dei entrada nesta Casa a um requerimento solicitando a visita ‘in loco’ das Comissões de Saúde e Direitos Humanos à cidade de Caxias para coletarmos dados, informações e esclarecimentos sobre esses acontecimentos. Nós, enquanto parlamentares e cidadãos comprometidos com a dignidade humana, não podemos nos calar diante dessa violação e descaso com os direitos humanos”, ressaltou. Na manhã desta terça-feira (28), o vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, deputado Wellington do Curso (PPS), externou, durante a sessão plenária, a sua preocupação com a dignidade humana.  
Em sua fala, o parlamentar discorreu sobre as cenas exibidas, na noite dessa segunda-feira (27), por um programa de veiculação nacional, que falou sobre a morte de quase 200 bebês na cidade de Caxias, que em menos de um ano morreram na Maternidade Carmosina Coutinho.
“O Brasil se consternou com a dignidade humana. Ontem, pela segunda vez, uma emissora de tv levou a todos os lares do Brasil uma denúncia sobre a morte de mais de 200 crianças, famílias dizimadas, gerações perdidas e um absurdo de crianças sequeladas pelo resto da vida. É através dessa proteção que se concretizará todo catálogo de direitos humanos encartado na Constituição Federal. E, em Caxias, não há essa proteção. O que vimos foi a completa falta de respeito ao que é mais caro ao ser humano: a sua dignidade”, pontuou.
Na oportunidade, Wellington propôs que a Comissão de Saúde da Assembleia realize visita “in loco” para a coleta dos dados e, assim, tome veracidade dos fatos.

“Dei entrada nesta Casa a um requerimento solicitando a visita ‘in loco’ das Comissões de Saúde e Direitos Humanos à cidade de Caxias para coletarmos dados, informações e esclarecimentos sobre esses acontecimentos. Nós, enquanto parlamentares e cidadãos comprometidos com a dignidade humana, não podemos nos calar diante dessa violação e descaso com os direitos humanos”, ressaltou. (Informações da Agência Assembleia).

Preso homem que degolou lavrador na zona rural de Codó

Blog do Acélio Trindade


Um crime Bárbaro chocou moradores do povoado Raposa do Zeca Farias. Tudo teria ocorrido ontem à tarde quando o lavrador Edivaldo dos Santos matou a facadas e depois degolou outro lavrador identificado como Eugênio Oliveira.
Edivaldo  confessou o assassinato
Edivaldo confessou o assassinato
Ao tomar conhecimento do crime a Polícia Civil, sob o comando do delegado regional Alcides Nunes Neto, deslocou-se para a zona rural de Codó e conseguiu prender o autor do brutal assassinato.
Edivaldo está sendo ouvido agora pela manhã, mas sua motivação ainda não está clara. A Polícia descobriu que o suspeito não era pessoa bem vista na comunidade e, inclusive, já era acusado do furto de um celular.
Ontem desentendeu-se com sua vítima e acabou separando sua cabeça do resto do corpo usando uma faca. De acordo com o delegado não houve testemunhas oculares do crime, mas há quem tenha visto Edivaldo dos Santos escondendo a faca após ter assassinado o lavrador.
Eugênio - Vítima
Eugênio – Vítima
“O crime foi praticado num campo lá do povoado Raposa, não houve testemunhas presenciais, mas a gente encontrou testemunhas que viram o Edivaldo escondendo a faca no mato após ter cometido o crime, mas conseguimos efetuar a prisão do Edivaldo, parabéns a Polícia Civil e conseguimos apreender a faca usada para cometer o crime”, disse Alcides Neto em entrevista ao jornalista Alberto Barros
A oitiva de testemunhas e do próprio suspeito segue nesta terça-feira e a polícia terá 10 dias para concluir o inquérito e remetê-lo à Justiça. Como foi preso em flagrante, o suspeito permanecerá preso na carceragem do Centro de Ressocialização Regional.