O polêmico - Jota Luiz – POLÍTICA / ESPORTES / SAÚDE / POLÍCIA e VARIEDADES

Tribunal de Justiça determina afastamento da prefeita de Açailândia

Prefeita Gleide Santos

Prefeita Gleide Santos
A 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) determinou, por unanimidade, o afastamento da prefeita de Açailândia, Gleide Lima Santos, por uso indevido de bens públicos.
No mesmo julgamento, foi determinado o afastamento do secretário de Obras, Wagner de Castro Nascimento. A Câmara também decidiu pelo encaminhamento da decisão ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e ao vice-prefeito da municipalidade, Juscelino Oliveira e Silva.
Os desembargadores João Santana (relator), e os desembargadores Raimundo Melo e José Bernardo Rodrigues acompanharam, parcialmente, o pedido do Ministério Público do Maranhão (MPMA), formulado pelo procurador de Justiça, Eduardo Jorge Heluy Nicolau, acatando o afastamento e negando o pedido de prisão.
Ao proferir o voto acompanhando o relator do processo, o desembargador Raimundo Melo citou que a prefeita já responde a outras ações criminais tipificadas no Decreto 201/67.
FATOS –  Consta no processo, que vídeos foram encaminhados à Promotoria de Justiça da Comarca de Açailândia com imagens que mostravam a utilização de profissionais e máquinas do Município na fazenda Copacabana de propriedade da gestora e de seu companheiro, Dalvadisio Moreira dos Santos. Entre os serviços citados foram incluídos o melhoramento em estrada que somente dá acesso a nova sede da propriedade.
Na Ação de Improbidade Administrativa proposta pelo Ministério Público também é destacado que os serviços foram utilizados por cerca de 30 dias. Os serviços de mão de obra e das máquinas foram avaliados em R$160 mil. (Processo nº22876/2014)
Do Blog do Luis Cardoso

Coroatá: homem sofre tentativa de homicídio no bairro Americanos

Do Coroatá OnLine

Mais uma tentativa de homicídio foi registrada na cidade de Coroatá, desta vez no bairro dos Americanos. Um homem identificado como Antônio Gabson dos Santos, de 25 anos, morador da Rua da Prainha, foi baleado na perna e deu entrada no Hospital Macrorregional de Coroatá.


Vítima foi baleada na perna

De acordo com informações de populares, dois rapazes chegaram na residência da vítima, em uma moto, por volta das 22h de ontem, segunda-feira (25/05), e efetuaram três disparos de arma de fogo contra Antônio Gabson, que teve a perna atingida. Os criminosos fugiram logo em seguida sem serem identificados.

Não há informações ainda sobre o que teria motivado a tentativa de homicídio. A polícia segue com as investigações e a participação dos envolvidos com o tráfico de drogas é uma das principais linhas.

A CULPA É DA PRESIDENTA DILMA! Garante homem que se diz traído pela ex-esposa em Bacabal

O vendedor de frutas e verduras Inácio Alves, este senhor da foto, foi conduzido até a Delegacia do 1º Distrito Policial de Bacabal após Dona Célia, sua ex-esposa, lhe denunciar à polícia o acusando de ter sequestrado dois dos três filhos menores do casal. Já ele se defende dizendo que não é a primeira vez que vai busca-los para passar alguns dias em sua residência e que sua ex, sequer, vai visita-los.


Quando questionado qual teria sido o motivo da separação ocorrida há 8 meses, ele foi curto e grosso: “Ela me meteu chifre… Todo mundo sabe. Ali na rodoviária todo mundo sabe disso!”.

Depois de soltar cobras e lagartos pra cima da sua ex-esposa, o homem que se diz traído também demonstrou profunda revolta com a presidenta Dilma Housseff, é isso mesmo. Para ele a mulher mais poderosa do país só dar razão para as companheiras do mesmo sexo e por essa razão essas coisas acontecem.

Dona Célia, a ex-esposa difamada, também contou sua versão para os fatos. Ela diz que Inácio Alves, mesmo depois da separação, não a deixou em paz e constantemente retorna bêbado a sua residência, localizada no bairro Presídio, com o pretexto de ver as crianças.

Tenente Nóbrega, comandante da guarnição que atendeu a ocorrência, disse à imprensa que a primeira informação dava conta que o pai estaria agredindo as crianças, mas ao chegar ao local foi constatado que essa denúncia não procedia e que, inclusive, as mesmas demonstraram o desejo de permanecer ao lado do pai.

Sendo assim, todos foram conduzidos à delegacia e o Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente contactado para acompanhar o caso.

Do Blog do Sérgio Matias

Vargem Grande: Dois vigilantes da Dimensão Engenharia são assassinados

Por Blog do Alpanir Mesquita.
A semana em Vargem Grande já começou com uma tragédia. Dois vigilantes da obra da Dimensão Engenharia, de construção de 1.050 casas populares do Minha Casa Minha Vida, foram assassinados durante a madrugada de hoje (25).
Quando os outros trabalhadores da obra chegaram agora pouco pela manhã ao local, localizado na BR-222, se depararam com os dois corpos. Segundo informações, uma das vítimas é Gustavo Djhony Mesquita Sousa, morador de Vargem Grande, e o outro ainda não foi identificado pelo Blog, só sabemos que é natural da cidade de Alto Alegre do Maranhão.
Ainda não se sabe quem tenha praticado o crime e nem o real motivo. A principal suspeita é tentativa de roubo, já que as armas dos dois vigilantes foram levadas, mas não está descartada a possibilidade de vingança ou até mesmo acerto de contas.
Aguardem mais informações.

Polícia investiga participação de “caseira” em chacina

Local do crime

Local do crime
Cinco pessoas morreram e três ficaram feridas durante um assalto realizado, no fim da noite de sábado (23), a uma casa no residencial Ponta Verde em Panaquatira, orla do município de São José de Ribamar, região metropolitana de São Luís. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), um soldado do 6º Batalhão da Policia Militar identificado como Max Muller Rodrigues de Carvalho está entre as vítimas fatais.
O produtor musical Alexandro Carvalho, de 36 anos conhecido como "cachorro" morreu no local

O produtor musical Alexandro Carvalho, de 36 anos conhecido como “cachorro” morreu no local
Ainda de acordo com a SSP, seis homens armados cercaram e invadiram a casa de praia, onde era realizada uma festa. O policial reagiu ao assalto e conseguiu balear um dos criminosos que morreu no local. Max acabou sendo alvejado e morto por outro suspeito. Ele estava de folga aproveitando o fim de semana com familiares e amigos.
Nesse momento, um dos assaltantes identificado como Nal de Panaquatira se descontrolou ao ver o comparsa morto e começou a atirar contra as pessoas que participavam da festa, diz polícia. Cinco pessoas foram alvejadas, inclusive o irmão do PM, Eric Rodrigues de Carvalho, que estava no local. Na sequencia os bandidos fugiram levando a pistola .40 do polical assassinado.
O produtor musical Alexandro Carvalho, de 36 anos, morreu ainda no local e Ananda Brasil Mendes, 20 anos, a caminho do hospital. O irmão do policial levou um tiro de raspão na cabeça, mas está fora de perigo.
Alisson Fonseca, 28 anos foi alvejado por oito tiros e levado ao hospital onde foi submetido a cirurgia e está fora de perigo. Shirley Caroline Machado Martins, que comemorava seu aniverário sofreu apenas escoriações pelo corpo.
Ananda de 20 anos filha de major da PM, morreu a caminho do hospital

Ananda de 20 anos filha de major da PM, morreu a caminho do hospital
Com a morte de Max sobe para quatro o número de policiais mortos em São Luís neste ano. O corpo do policial está sendo velado na Igreja Batista em Jardim América, no bairro Jardim América. O enterro será ás 9h desta segunda-feira (25), no cemitério Jardim da Paz, estrada de Ribamar.
2º suspeito é morto em confronto
Após o ocorrido, policiais do Serviço de Inteligência da PM, Grupo Tático Móvel, Albatroz descobriram informações de que o suspeito identificado como Josinaldo Aires da Costa, 27 anos, também conhecido como Nal de Panaquatira, estaria escondido em uma casa na 2ª Travessa Alcione, na Vila Alcione, em São José de Ribamar.
Segundo a polícia, o suspeito estava armado no quintal da casa e percebeu a ação dos policiais. Houve troca de tiro e Nal acabou sendo alvejado por três disparos no tórax. Ele chegou a ser socorrido pelos policiais e encaminhado ao Hospital Municipal Clementino Moura (Socorrão II), na Cidade Operária, onde chegou sem vida.
Com ele a polícia encontrou um revólver calibre 38, com seis munições, três deflagradas e três intactas e a pistola do policial. As armas foram apresentadas no Plantão da Cidade Operária. [ DO G1 MA]

Corruptos são tratados conforme manda a lei, transcende a questão política. Independentemente de partidos e alianças

… Ainda há quem chore de pena ao ver um político corrupto ser levador (sozinho) na mala de uma viatura.

Blog do Raimundo Garrone

Ao priorizar o combate a agiotagem, o governador Flávio Dino age contra quadrilhas que se apropriaram dos recursos públicos dos municípios com apoio dos antigos governantes do Estado. Trata-se de um gesto que combate a corrupção, o crime organizado e ao mesmo tempo ajuda a dar fim a desvios de recursos que deveriam ser investidos em saúde, educação, saneamento básico.

Durante a conferência extraordinária do PCdoB do Maranhão, realizada na semana passada, o governador Flávio Dino chamou a atenção para um assunto que ajuda a explicar como a corrupção no estado culminou com a situação de extrema pobreza de parte significativa da população.

Dino pontuou que a agiotagem infiltrada nos municípios maranhenses se perpetuou durante muito tempo porque políticos e agiotas que desviavam dinheiro público para financiar campanhas e enriquecimento ilícito, eram protegidos pelo Palácio dos Leões.

Não por acaso, os primeiros a serem presos durante operação da Polícia Civil, foram o prefeito e ex-prefeito de Marajá do Sena, Edvan Costa e Perachi Roberto Moraes, respectivamente.

Marajá do Sena é a segunda cidade mais pobre do país. Quase 54% da população vive na extrema pobreza, a maior parte dela é dependente do programa Bolsa Família.

Importante lembrar que a prisão de políticos envolvidos no esquema, transcende a questão política. Independentemente de partidos e alianças, corruptos são tratados conforme manda a lei, o que no Maranhão é algo inédito.

UM ‘VIVA’ À CORRUPÇÃO! Endinheirados de Bacabal montam consórcio para tirar ex-prefeito da cadeia

A situação do ex-prefeito de Bacabal é cada vez mais complicada. Trancafiado em uma pequena cela da delegacia do bairro Cidade Operária, em São Luís, desde a última terça-feira (19) quando foi preso pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais – SEIC acusado de desvio de verbas públicas e formação de quadrilha, o médico Raimundo Nonato Lisboa, pode ter sua prisão temporária prorrogada em virtude dos depoimentos que estão sendo prestados por seus ex-assessores e comparsas nos crimes.
Apesar de todas as evidências resultantes da prisão, foi criado em Bacabal um consórcio para arrecadar fundos e tentar tira-lo da cadeia, através de Habeas Corpus, antes de completar o prazo da prisão temporária de cinco dias. Temor maior é que a prisão seja prorrogada e o ex-prefeito tenha que passar seu 59º aniversário, no próximo dia 29, atrás das grades.
Integram o consórcio, além de ex-assessores, empresários, colegas médicos, agiotas, pecuaristas e políticos (incluindo vereadores).
Alguns deles, confiantes que o ex-prefeito será solto o quando antes, já se movimentam no sentido de organizar uma suntuosa festa para recepciona-lo no posto de combustível Paizão, localizado na entrada da cidade, sair em carreata pelas principais ruas e, certamente, passar na cara da sociedade bacabalense que roubar vale a pena.
Caso essa pouca vergonha realmente ocorra, o Blog do Sérgio Matias estará presente com seus colaboradores registrando tudo para, posteriormente, mostrar para seus leitores quem são essas “figuras notáveis” que compactuam com toda essa bandalheira praticada por essa quadrilha que desviou dos cofres públicos da Prefeitura de Bacabal milhões e milhões que deveriam ser aplicados na melhoria da qualidade de vida dos cidadãos e cidadãs dessa terra sofrida.
Do Blog do Sérgio Matias

Exclusivo! Documento comprova que o governador usa a saúde pública para empregar ‘privilegiados’ no Hospital Geral de Peritoró

Flávio Dino (PCdoB)
Blog do Luis Pablo obteve, com exclusividade, um documento do PCdoB que mostra uma relação de indicação do partido para empregar os “seus” na rede estadual de saúde – sem passar por nenhum avaliação curricular.

No documento aparece a relação nominal e a função de cada pessoa, que foi empregada no Hospital Geral de Peritoró (HGP). Isso é a prova cabal de que há privilégios no governo.
Infelizmente, o governador Flávio Dino ao invés de cumprir com a promessa de realizar concurso público, usa a estrutura da saúde do Maranhão como se fosse um cabide de emprego para seus aliados.
É lamentável!
PCdoB - Hospital Geral de Peritoró