O polêmico - Jota Luiz – POLÍTICA / ESPORTES / SAÚDE / POLÍCIA e VARIEDADES

Dois suspeitos de roubos de celulares e motos são presos em Alto Alegre do Maranhão.


Rogério e Flavio suspeitos de roubarem celulares e motos em Alto Alegre do Maranhão

De acordo com informações repassadas ao blog do Jota Luiz, pela polícia civil de Alto Alegre do Maranhão, na tarde de ontem quarta feira dia (6), a polícia civil  fez a prisão preventiva expedida pela comarca de São Mateus do Maranhão de Antônio Kauan Amaro de Sousa, vulgo Flavio morador do povoado barro Preto e Rogério de Miranda Silva, vulgo Rogério, residente na Rua do Setúbal. Todos moram em Alto Alegre do Maranhão.

 Nessa operação a polícia prendeu dois elementos que vinham praticando roubos de celulares e motos na cidade.

 

Esses dois elementos vinham fazendo um verdadeiro pânico na cidade nos últimos dias, roubando a mão armadas celulares e motos. 
Todos estão presos na delegacia de Alto Alegre do Maranhão, a disposição da justiça.

Agiotagem! Começa manobra para livrar aliado político de Flávio Dino da cadeia

Governador Flávio Dino ao lado do aliado político, Miltinho Aragão, que está sendo investigado pela polícia
Governador Flávio Dino e Miltinho Aragão

Após o aparecimento do cheque com a assinatura do prefeito de São Mateus, Miltinho Aragão (PSB), dentro do cofre do agiota Pacovan, preso ontem (05) durante as operações Morta-Viva e Maharaja, parece que rapidamente se iniciou um movimento para livrar a ligação do prefeito, que é forte aliado do governador Flávio Dino, aos crimes de agiotagem no Estado.

O tesoureiro da cidade, identificado como Washington Costa, renunciou o cargo horas depois da bomba estourar, assumindo toda responsabilidade pelo repasse do cheque de R$ 106 mil e eximindo o prefeito de qualquer culpa no caso.

Como o prefeito assina algo e não sabe o destino de um cheque gordo como esse? Por que o tesoureiro por “livre e espontânea vontade” simplesmente se declarou culpado depois que a polícia encontrou o cheque com Pacovan? Segundo ele, tudo será explicado oportunamente a quem interessar.

As explicações já parecem bem claras. O tesoureiro, na verdade, está sendo uma espécie de ‘bode expiatório’ que será utilizado para livrar a cara e as ligações mais que óbvias de Miltinho Aragão com as práticas de agiotagem, que vem sendo investigadas pela Polícia Civil e Ministério Público.

Vale lembrar que, segundo os próprios delegados à frente da investigação, os cheques encontrados com o agiota são provas fortes das ligações com o crime. A prova é clara e estava dentro do cofre de Pacovan com a assinatura do prefeito.

Agora é aguardar para saber se esse fato também servirá para quem está ao lado do governador.

Tesoureiro da Prefeitura de São Mateus

Agiotagem: prefeitos e ex-prefeitos são presos no Maranhão

Imagem rara: você já viu um prefeito preso?
Richard Nixon (PMDB), prefeito de Bacuri, 
foi um dos políticos presos acusados de participação 
em crimes de agiotagem no Maranhão
A Polícia Civil do Maranhão deflagrou na manhã desta terça-feira (5) nova operação de combate à agiotagem e desvio de recursos públicos no estado. A operação foi coordenada pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) que efetuou mandados de prisão temporária e conduções coercitivas nas cidades de Zé Doca, Marajá do Sena e também na capital.
Foram presos:
– Richard Nixon Monteiro dos Santos (PMDB), prefeito da cidade de Bacuri, vice-prefeito eleito em 2012 que está substituindo o prefeito Baldoíno (PP) no cargo;
– Edvan Costa (PMN), atual prefeito de Marajá do Sena. Na casa do prefeito, os policiais apreenderam uma pistola 380, um revólver calibre 38, além de jóias e grande volume de dinheiro em espécie. Edvan foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma;
Edvan Costa (PMN), atual prefeito de Marajá do Sena,
preso por envolvimento em esquema milionário de agiotagem

Nomes de mais presos em Continua…

– Perachi Roberto Moraes, ex-prefeito de Marajá do Sena;
– José Epitácio Muniz Silva – o “Cafeteira” – contador da prefeitura de Marajá do Sena e dono de empresas de fachada que operavam no esquema, segundo as investigações;
– e Josival Cavalcanti da Silva – o “Pacovan” – empresário apontado nas investigações como agiota.
Na operação, foram detidos também:
– Rui Clemencio Barbosa,apontado pela polícia como “laranja” em negócios da Prefeitura de Zé Doca;
– e Francisco de Jesus Silva Soares, empresário suspeito de emitir notas “frias” para as Prefeituras de Marajá do Sena e Zé Doca.
Todos os suspeitos foram conduzidos para a Seic, no bairro de Fátima.
No dia 31 de março, a ex-prefeita do município de Dom Pedro, Maria Arlene Barros, já havia sido presa acusada estar envolvida no desvio de mais de R$ 5 milhões da Prefeitura local entre 2009 e 2012.
As investigações apontam que, no total, 42 prefeituras do Maranhão teriam participação no esquema de agiotagem que surrupiou dos cofres públicos cerca de 100 milhões de reais. Segundo a polícia, centenas de empresas também estão envolvidas na teia criminosa. Só uma delas teria roubado mais de 46 milhões no esquema.

As prisões dos políticos tiveram repercussão nacional na tarde desta terça (05), após exibição de matéria no Jornal Hoje, da TV Globo.

Blog do Hugo Freitas

Assaltantes do BB de Esperantinópolis escondem malotes de dinheiro no meio do mato e o povo da região está louco para encontrá-los

Do Blog do Carlinhos

A agência do Banco do Brasil de Esperantinópolis ainda não divulgou oficialmente o valor levado pelo bando no assalto ocorrido no final da manhã desta terça-feira (5). Especula-se que o valor esteja entre R$ 300 mil a 600 mil reais. Os assaltantes presos revelaram que jogaram os malotes e as armas no meio da mata em algum lugar nas regiões rurais entre os municípios de Tuntum e Joselândia, assim que perceberam o helicóptero da polícia.

A História se espalhou naquela região e muita gente deixou de ir para roça hoje para procurar os malotes de dinheiro. Um “formigueiro humano de caça tesouros” varre as matas atrás dos malotes desde ontem à noite.
O Major Mauricio, comandante do 19º Batalhão, afirmou em entrevista que a polícia continua na área em busca do restante da quadrilha; a história da dispensa do dinheiro na mata não está confirmada e avisou que caso alguém seja encontrado pela polícia em posse desses malotes será preso e pode responder pelo crime.   

Continua…

Então, pessoal, deixa o dinheiro no mato para a polícia encontrar e devolver ao Banco. O ditado “achado não é roubado”, não se enquadra nesta questão. 

Envolvimento de aliado político de Flávio Dino no crime de agiotagem, mostrará se as investigações estão sendo imparciais

Governador Flávio Dino e o prefeito Miltinho Aragão
Governador Flávio Dino e o prefeito Miltinho Aragão

  A seriedade das investigações sobre a agiotagem no Estado do Maranhão, comandada pela Polícia Civil e pelo Gaeco, dependerá muito do posicionamento do governador Flávio Dino (PCdoB).

As investigações chegaram numa fase em que apontam o envolvimento de seus aliados políticos, que ajudaram durante as eleições a lhe eleger governador do Estado.

E a prova que mostrará se o processo investigatório está sendo conduzido de forma imparcial, será o andamento em que investiga o prefeito de São Mateus, Hamilton Nogueira Aragão (PSB).

Miltinho Aragão, como é mais conhecido, faz parte do partido do senador Roberto Rocha, do deputado federal Zé Reinaldo e do chefe da Casa Civil do Governo, Marcelo Tavares.

Além disso, o prefeito é aliadíssimo do governador Flávio Dino que, inclusive, já utilizou sua página nas redes sociais para elogiar a “atuação” do gestor – conforme mostra a imagem abaixo.

Responsáveis pela investigação de agiotagem no Estado garantiram que não terá parcialidade
Responsáveis pela investigação de agiotagem no Estado garantiram que não terá parcialidade

Ontem, dia 5, durante as operações Morta-Viva e Maharaja, a polícia encontrou um cheque da Prefeitura de São Mateus dentro do cofre do agiota Josival Cavalcante da Silva, mais conhecido como Pacovan – preso por duas vezes pela Polícia Federal e agora pela Civil.

O cheque da prefeitura comandada por Miltinho é a prova cabal do seu envolvimento no crime. E o próprio delegado responsável pela investigação falou durante coletiva ontem, que as folhas de cheques sob o poder do agiota Pacovan é um índice muito forte para prender outros envolvidos.

Portanto, não há como o aliado político do governador do Maranhão sair ileso das investigações.

Flávio Dino e Miltinho Aragão

Prefeitura de São Mateus

Prefeitura de São Mateus

Bomba! Cheque da Prefeitura de São Mateus é encontrado com Pacovan

 

Prefeito Hamilton Nogueira Aragão
Prefeito Hamilton Nogueira Aragão
 A deflagração das operações Morta-Viva e Maharaja, que resultou na prisão hoje (5) de um dos maiores agiotas do Estado, fez a Polícia Civil e o Gaeco descobrirem o envolvimento de outras prefeituras maranhenses no crime de agiotagem.
Uma delas é do município de São Mateus do Maranhão, comandada pelo prefeito Hamilton Nogueira Aragão.

O Blog do Luis Pablo obteve um cheque da prefeitura, que estava sob posse do agiota Josival Cavalcante da Silva, mais conhecido como Pacovan.

O cheque, conforme mostra a imagem abaixo, é no valor de R$ 106.667,00 e foi assinado com a data do dia 30 de abril – na última quinta-feira. A folha encontrada pela polícia estava dentro do cofre do agiota.

Com a prova sob o poder das autoridades, o prefeito Hamilton Nogueira passa a ser alvo de investigação e terá que explicar como o cheque da Prefeitura de São Mateus foi parar nas mãos de Pacovan.

Abaixo a imagem da folha de cheque:

Prefeitura de São Mateus

Prefeitura de São Mateus

Urgente: Agência do Banco do Brasil de Esperantinópolis foi assaltada. Bandidos tocam terror na cidade e no Palmeiral

atualizada às 12h50

Bandidos fogem levando dois reféns 

Informações urgentes – Neste momento (11h45) desta terça-feira (5), a agência do Banco do Brasil de Esperantinópolis foi assaltada; Informações confirmadas que os bandidos permaneceram um tempo na Praça Galdino Carneiro, localizada em frente a agência bancária com cerca de 6 reféns e disparando tiros. A polícia ficou nas imediações para conter a quadrilha. Por volta das 12h10, veio uma informação de que os bandidos fugiram em direção ao Palmeiral. A cidade está em clima de terror com os barulho dos tiros disparados pelos assaltantes. Ainda não temos informações quantos reféns levaram. A polícia está no encalce dos bandidos que estariam em veículo com reféns e uns dos pneus furados. Mais informações a qualquer momento. 

Reféns dominados 

Muitos curiosos acompanharam o assalto a distância
Gerente do Banco foi liberado
Agência do BB agora a pouco

Interior da agência depois do assalto
TERROR NO PALMEIRAL 

“Eles passaram em uma S10, em direção ao Palmeiral; um ia acima do capô do carro; liberaram os reféns em frente ao bar Brasília; desceu três carros de polícia atrás dos bandidos. Parece que eles trocaram tiros com a polícia em frente ao Bar do Wilson e perto da fazenda do Anísio; o carro trafegou devagar devido a um dos pneus furados. Neste momento, Eles voltaram a trocar tiros com a polícia dentro do povoado Palmeiral. Pegaram o carro do seu Nelito, o dono do Pontão da Travessia e atravessaram o rio  Mearim e já estão no município de Joselândia”, disse nossas fontes em Esperantinópolis.

Terror e correria no Povoado Palmeiral 

Mais em Continua…


“Neste momento assalto ao banco da cidade, tiroteio, reféns…… Os alunos da escola estão protegidos, nas salas sendo ocupados pelas professoras… A escola esta toda fechada, só liberaremos os alunos quando estiver tudo em paz, dure o tempo que durar as inquietações na cidade. Não se preocupem pais… NÃO VENHAM À ESCOLA AGORA!! POR FAVOR!!”, – Clamou a professora Neres em uma rede social.  
 

O QUE ESTAVA RUIM, FICOU PIOR! Estádio Municipal José Corrêa é interditado pelo Corpo de Bombeiros de Bacabal

Do blog do Sérgio Matias

Entusiasta do futebol amador bacabalense, o jornalista e radialista Osmar Moreira Nolêto divulgou com muita tristeza durante seu programa de TV que o Estádio José Luís Nerí Corrêa, o Correão, está interditado para toda e qualquer prática, seja esportiva, religiosa ou cultural em virtude de inúmeros problemas estruturais constatados durante vistoria feita pelo Corpo de Bombeiros há praticamente um ano e que só se agravaram por falta de ação do poder público municipal.

No dia 16 de abril, véspera da data que se comemora o aniversário da cidade, a partida final do Torneio Interbairros 2015 foi realizada sem que os torcedores pudessem ocupar dois setores das arquibancadas do estádio. Como mesmo assim nada foi feito até o momento para se solucionar as pendências apontadas no laudo técnico, principalmente na parte elétrica, o Corpo de Bombeiros decidiu interdita-lo por completo e a Secretaria de Esporte e Lazer do município já foi notificada da decisão através de ofício.

Diante da falta de expectativa para a solução do problema a Liga Esportiva Bacabalense (LEB), que foi recentemente reativada, anunciou que o Campeonato Amador de Futebol Bacabalense 2015 ficará para uma próxima oportunidade. A competição já contava com aproximadamente 1200 atletas inscritos.

Comandante do 6º Grupamento do Corpo de Bombeiros de Bacabal, Tenente-coronel Spíndola, esclareceu que após a vistoria realizada no estádio foi feita uma notificação ao município que completava vários itens que deveriam ser seguidos, como no que diz respeito a providenciar o Projeto de Segurança Contra Incêndioe Pânico, como determina a Lei Estadual nº 6.546 de 29 de dezembro de 1995.

Sem o Bacabal Esporte Clube, deixado esquecido na segunda divisão, agora sem um estádio em condições para os atletas amadores disputares as competições, o futebol em nosso município é, definitivamente, coisa do passado ou para um futuro distante.